terça-feira, 6 de maio de 2014

SEMENTE DO AMOR

SEMENTE DO AMOR

O amor é divino, é semente que germina no coração
O amor é como sombra que abriga os sentimentos
Fala de ternura ao coração com os olhos da paixão
Fazendo o caminhar ser lento por dentro da alma de quem o usa

O amor é capaz de transformar, acontece quando não esperamos
e se o esperamos, ele nos foge; o amor não sabe esperar...
E na sua bandoleirice, logo se aninha em outros tálamos...
e no fundo de minha alma vem acampar...

E acha em meu coração, um lugar seguro
atravessando pontes e transpondo muros
não encontra o aconchego, que deveria encontrar.

Mas, amor quando é amor de verdade, insiste
Por mais que eu queira, meu coração não desiste
e segue a conjugar o verbo que me faz caminhar.


Diná Fernandes, Roberto Camara, Luiz Dutra, Kleber, Angelina Cruz & Lena Ferreira

2 comentários:

  1. Ficou tão lindo!
    Parabens a todos os autores.

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito, Angelina. Obrigada por fazer parte deste enredo. Beijo, poetisa.

    ResponderExcluir